Crime e castigo: as técnicas do narrador onisciente (excertos)

  • Gary Rosenshield

Resumo

Gary Rosenshield é PhD pela Universidade de Wisconsin-Madison e foi professor emérito do departamento de Língua e Literatura Eslavas na mesma universidade. Autor de Western Law, Russian Justice: Dostoesvky, the Jury Trial, and the Law e Pushkin and the Genres of Madness: The Masterpieces of 1833. Publicou também o estudo Crime and Punishment: The Techniques of the Omniscient Author (Lisse: The Peter de Ridder Press, 1978), do qual foram traduzidos a introdução e dois capítulos: “O narrador, Raskólnikov e o epílogo” e “O ponto de vista elevado”. Joseph Frank, no capítulo em que aborda o processo de criação de Crime e castigo, cita, em nota, esse estudo, recomendando-o como uma “análise cuidadosa e perspicaz” e “um dos melhores estudos dedicados ao romance” (FRANK, Joseph. Dostoiévski: Os anos milagrosos, 1865-1871. São Paulo: Edusp, 2003, p. 125). Victor Terras engrossa o coro elogioso ao afirmar tratar-se de uma “excelente análise”

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-04-07
Como Citar
Rosenshield, G. (2016). Crime e castigo: as técnicas do narrador onisciente (excertos). RUS (São Paulo), 7(7), 80-119. https://doi.org/10.11606/issn.2317-4765.rus.2016.114021
Seção
Artigos