Novas categorias da filologia russa para a compreensão da poética de Dostoiévski

  • Ivan Esaulov Instituto de Literatura A. M. Górki
Palavras-chave: pascalidade, sobórnost, cristocentrismo, Lei e Bem-Aventurança, iuródstvo

Resumo

O artigo se fundamenta na necessidade de uma nova compreensão da poética de Dostoiévski. Sua essência reside no fato de que a obra de Dostoiévski deve ser considerada como uma parte orgânica da cultura ortodoxa russa com seu arquétipo pascal e de Bem-Aventurança (misericórdia, amor e perdão) acima da lei (relações jurídicas e punição). No entanto, a principal dificuldade reside na correlação desta abordagem com uma nova interpretação de poética. Hoje é inadmissível aceitar acriticamente a herança científica de Bakhtin, já que o próprio pesquisador mais tarde admitiu a impossibidade de escrever livremente “sobre as questões principais”. É preciso restaurar na poética aquelas figuras reticentes que Bakhtin não pode expressar na sua época.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-06-22
Como Citar
Esaulov, I. (2017). Novas categorias da filologia russa para a compreensão da poética de Dostoiévski. RUS (São Paulo), 8(9), 33-65. https://doi.org/10.11606/issn.2317-4765.rus.2017.131524
Seção
Artigos