O ouvinte visionário: a hipótese de um teatro hipnótico

  • Maria Clara Ferrer Universidade Federal de São João del-Rei
  • Juliana Mota Universidade Federal de São João del-Rei
Palavras-chave: Hipnose, Performatividade vocal, Paisagem mental, Escuta, Espectador.

Resumo

Pressupondo que a produção de afetos e sentidos de uma obra está intimamente ligada à fisicalidade do espectador, analisaremos a situação perceptiva do corpo imerso na escuridão. A presente reflexão nasce com o processo de criação de MOTRIZ, experimento cênico que mergulha o espectador numa travessia sonora envolta pelo breu. Privado da visão, o espectador torna-se um ouvinte visionário. Tendo sua escuta complexificada, seu corpo é diretamente afetado pela potência performativa da voz. Tal situação espectatorial nos leva a acreditar na existência de um teatro capaz de ativar a produção de paisagens mentais comuns a processos hipnóticos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Clara Ferrer, Universidade Federal de São João del-Rei
Maria Clara Ferrer é professora doutora nos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade Federal de São João del-Rei.
Juliana Mota, Universidade Federal de São João del-Rei
Juliana Mota é professora doutora nos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade Federal de São João del-Rei.

Referências

ARISTOTELES. Poética. São Paulo: Nova Cultural, 1999.

BARTHES, R. O rumor da língua. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

CHERTOK, L. L’hypnose. Paris: Payot, 1965.

CHION, M. Audiovisão. Lisboa: Texto&Grafia, 2011.

CHION, M. Le Son. Paris: Armand Colin, 2010.

DELEUZE, G. Le Pli, Leibniz et le baroque. Paris: Éditions du Minuit, 1988.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. O que é filosofia?. São Paulo: Editora 34, 1993.

DIDEROT, D. Lettre sur les sourds et muets. In: Œuvres. Tome IV. Paris: R. Laffont, 1996.

ERICKSON, M. H. L’hypnose thérapeutique. Issy-les-Moulineaux: ESF, 1986.

FÉRAL, J. Pratiques performatives: body remix. Rennes: Presses Universitaires de Rennes, 2012.

FÉRAL J. Além dos limites: teoria e prática do teatro. São Paulo: Perspectiva, 2015.

LEIBNIZ G. W. Monadologia e outros textos. São Paulo: Hedra, 2007.

______. Novos ensaios sobre o entendimento humano. São Paulo: Abril Cultural, 1984.

MERLEAU-PONTY, M. La phénoménologie de la perception. Paris: NRF; Gallimard, 1945.

STEIN, G. Lectures en Amérique. Paris: Christian Bourgois, 1978.

ZEIG, J. K. Hypnose ericksoniana. Campinas: Psy, 1993.

Publicado
2017-07-17
Como Citar
Ferrer, M., & Mota, J. (2017). O ouvinte visionário: a hipótese de um teatro hipnótico. Sala Preta, 17(1), 140-155. https://doi.org/10.11606/issn.2238-3867.v17i1p131-146
Seção
EM PAUTA