A Casa da Ópera de Vila Rica através do estudo de duas cartas de João de Souza Lisboa

  • Mariana Soutto Soutto Mayor Universidade de São Paulo. Escola de Comunicação e Artes. Departamento de Artes Cênicas
Palavras-chave: Casas da Ópera, Teatralidades coloniais, Teatro em Minas Gerais no século XVIII

Resumo

O trabalho pretende investigar alguns pressupostos para o estudo da Casa da Ópera de Vila Rica, a partir da análise de duas cartas do ano de 1770 enviadas pelo contratador João de Souza Lisboa, encontradas no Arquivo Público Mineiro, em Belo Horizonte. O estudo dessa documentação pode fornecer material para a investigação dos motivos materiais e ideológicos da construção da Casa da Ópera, e também sobre as formas de organização e produção do teatro que hoje – em relação aos prédios teatrais existentes – é considerado o mais antigo da América Latina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Soutto Soutto Mayor, Universidade de São Paulo. Escola de Comunicação e Artes. Departamento de Artes Cênicas
Doutoranda em Teoria e Prática do Teatro pelo Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da Universidade de São Paulo.

Referências

ÁVILA, A. O teatro em Minas Gerais nos séculos XVIII e XIX. Ouro Preto: Secretaria Municipal de Cultura e Museu da Prata, 1978.

ARAUJO, L. A. S. Contratos e tributos nas Minas setecentistas: o estudo de um caso – João de Souza Lisboa (1745-1765). 2002. 176 f. Dissertação (Mestrado em História) – Programa de Pós-graduação de História, Instituto de Ciências Humanas e Filosofia, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2002.

BRESCIA, R. M. É lá que se representa a comédia: a Casa de Ópera de Vila Rica (1770 – 1822). Jundiaí: Paco Editorial, 2012.

______. C´est là que l´on joue la comédie: les Casas da Ópera en Amérique Portugaise (1719-1819). 2010. 768 f. Tese (Doutorado em História Moderna e Contemporânea e Ciências Musicais) – Universidade de Paris IV, Universidade Nova de Lisboa, Paris, 2010.

BUDASZ, R. Teatro e música na América Portuguesa: ópera e teatro musical no Brasil (1700-1822): convenções, repertório, raça, gênero e poder. Curitiba: DeArtes, Universidade Federal do Paraná, 2008.

LAPA, M. R. A Casa de Ópera de Vila Rica. Suplemento Literário do Jornal Minas Gerais, 20 jan. 1968, p. 5.

MAGALDI, S. Panorama do teatro brasileiro. São Paulo: Global, 1997.

PRADO, D. A. Teatro de Anchieta a Alencar. São Paulo: Perspectiva, 1993.

SOBRINHO, J. S. O teatro em Sabará: da Colônia à República. Belo Horizonte: B. Alvares, 1961.

Publicado
2017-12-26
Como Citar
Soutto Mayor, M. (2017). A Casa da Ópera de Vila Rica através do estudo de duas cartas de João de Souza Lisboa. Sala Preta, 17(2), 236-248. https://doi.org/10.11606/issn.2238-3867.v17i2p236-248
Seção
SALA ABERTA