A cultura dramática do século XIX no Brasil vista do acervo da Fundação Biblioteca Nacional

  • Paulo Marcos Cardoso Maciel Universidade Federal de Ouro Preto
Palavras-chave: Cultura dramática, Teatro brasileiro, Brasil, Século XIX

Resumo

Este artigo apresenta alguns resultados da pesquisa sobre a biblioteca dramática 1800-1900, sob guarda da Fundação Biblioteca Nacional, desenvolvida entre 2015 e 2017, que resultou num mapeamento geral dos repertórios bibliográficos disponíveis ou em circulação no Brasil do século XIX. Para tanto, foram levantados os registros de peças teatrais do século XIX, mais os itens localizados em catálogos de livrarias e bibliotecas do mesmo período. A partir da quantificação do acervo, nosso objetivo principal foi a reconstituição da cultura dramática do passado, partindo do reconhecimento da extensão e da forma mais geral de seu território durante o percurso de um século. Aqui não examinamos obras dramáticas, mas dados da cultura dramática no Brasil do século XIX. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CAFEZEIRO, E.; GADELHA, C. História do teatro brasileiro: de Anchieta a Nelson Rodrigues. Rio de Janeiro: Editora UFRJ; Eduerj; Funarte, 1996.

CHARTIER, R. A aventura do livro: do leitor ao navegador. Tradução Reginaldo Carmello Corrêa de Moraes. São Paulo: Unesp, 1999.

______. O príncipe, a biblioteca e a dedicatória (182-199). In: BARATIN, M.; JACOB, C. (Dirs.). O poder das bibliotecas: a memória dos livros no Ocidente. Tradução Marcela Mortara. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2006. p. 182-199.

DIDEROT, D. O filho natural ou as provações da virtude: conversas sobre o filho natural. Tradução Fátima Saadi. São Paulo: Perspectiva, 2008. (Coleção textos, 12).

FERREIRA, T. M. T. B. C. As bibliotecas públicas cariocas no século XIX. In: CONGRESSO BRASILEIRO DA COMUNICAÇÃO, 24., 2001, Campo Grande. Anais… Campo Grande: Intercom, 2001.

HUTCHEON, L. Uma teoria da paródia: ensinamentos das formas de arte do século XX. Tradução Teresa Louro Péres. Rio de Janeiro: Edições 70, 1985.

ISMAEL, J. N. Aquisição, gestão e patrimonialização de coleções especiais na Funarte: o caso das coleções de João Ângelo Labanca, Roberto Pontual e Roberto Wagner Pereira. 2016. 75 f. Dissertação (Mestrado em Biblioteconomia) – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2016.

MAGALDI, S. Panorama do teatro brasileiro. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 1962.

MORETTI, F. Um atlas do romance europeu: 1800-1900. Tradução Sandra Guardini Vasconcelos. São Paulo: Boitempo, 2003.

PRADO, D. A. História concisa do teatro brasileiro: 1570-1908. São Paulo: Edusp, 1999.

SANTOS, A. C. O Archivo theatral: uma colecção de teatro francês. Revista Sinais de Cena, Lisboa, n. 15, p. 119-124, 2011.

SILVA, L. N. O Conservatório Dramático brasileiro e os ideais de arte, moralidade e civilidade no século XIX. 2006. 226 f. Tese (Doutorado em Literatura Comparada) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2006.

YON, J. C. (Dir.). Le théâtre français à l’étranger au XIXe siècle. Histoire d’une suprématie culturelle. Paris: Nouveau Monde, 2008.

Publicado
2017-12-26
Como Citar
Maciel, P. (2017). A cultura dramática do século XIX no Brasil vista do acervo da Fundação Biblioteca Nacional. Sala Preta, 17(2), 26-40. https://doi.org/10.11606/issn.2238-3867.v17i2p26-40
Seção
EM PAUTA