Zumbi e Tiradentes, Calabar

aproximações e divergências

  • Nina Nussenzweig Hotimsky PPGAC - ECA - USP / Mestranda

Resumo

A peça Calabar foi escrita por Chico Buarque e Ruy Guerra em 1973, dirigida por Fernando Peixoto no mesmo ano e censurada às vésperas da estreia.  Este artigo analisa aspectos dramatúrgicos e de encenação em Calabar que o ligam diretamente à experiência dos musicais realizados pelo Teatro de Arena após o Golpe Militar de 1964, através do Sistema Coringa sistematizado por Augusto Boal. Investigaremos de que maneira Calabar dá a ver as transformações operadas no teatro musical político brasileiro realizado na década de 1970.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-28
Como Citar
Hotimsky, N. (2018). Zumbi e Tiradentes, Calabar. Sala Preta, 18(2), 84-94. https://doi.org/10.11606/issn.2238-3867.v18i2p84-94
Seção
DOSSIÊ ASPECTOS DA CENA MODERNA NO BRASIL