Maria Alice Vergueiro: a acadêmica

Licenciatura no Departamento de Artes Cênicas da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo

Autores

  • Ingrid Dormien Koudela Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-3867.v20i1p229-244

Resumo

Homenagem a Maria Alice Vergueiro e a seu legado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ingrid Dormien Koudela, Universidade de São Paulo

Professora associada aposentada da ECA-USP. Docente do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da USP

Referências

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República, [2016]. Disponível em: https://bit.ly/3eH1Wrr. Acesso em: 20 jul. 2020.

BRASIL. Lei nº 5.692, de 11 de agosto de 1971. Fixa Diretrizes e Bases para o ensino de 1º e 2º graus, e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 1971.

BRECHT, B. A peça didática de Baden-Baden sobre o acordo. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

CABRAL, B. Drama como método de ensino. São Paulo: Hucitec, 2006.

CHACRA, S. A natureza e o sentido da improvisação teatral. São Paulo: Perspectiva, 1983.

CONCÍLIO, V. Baden Baden: um modelo de ação e encenação em processo com a Peça Didática de Bertolt Brecht. 2013. Tese (Doutorado em Pedagogia do Teatro) – Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

GUINSBURG, J; KOUDELA, I. D. O teatro da utopia: utopia do teatro? In: SILVA, A. S. (org.). J. Guinsburg: diálogos sobre teatro. São Paulo: Edusp, 1992.

KOUDELA, I. D. Jogos Teatrais. São Paulo: Perspectiva, 1984.

KOUDELA, I. D. Teatro-Educação. In: GUINSBURG, J.; FARIA, J. R; LIMA, M. (org.). Dicionário do Teatro Brasileiro. São Paulo: Perspectiva, 2006.

KOUDELA, I. D. Apresentação do dossiê jogos teatrais no Brasil: 30 anos. Fênix, Uberlândia, v. 7, n. 1, p. 1-7, 2010.

KOUDELA, I. D; ALMEIDA JÚNIOR, J. S. (org.). Léxico de pedagogia do teatro. São Paulo: Perspectiva, 2015.

PUPO, M. L. No reino da desigualdade: teatro Infantil em São Paulo nos anos setenta. São Paulo: Perspectiva, 1991.

PUPO, M. L. S. B. Ação cultural, ação artística e políticas públicas: notas para um debate. A[l]berto, São Paulo, n. 7, p. 45-53, 2014.

ROGERS, C. Tornar-se pessoa. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

SANTANA, A. P. O Teatro na Educação. In: FARIA; GUINSBURG, J. (org.). História do teatro brasileiro: do Modernismo às tendências contemporâneas. São Paulo: Perspectiva, 2013.SANTANA, A. P. Teatro e formação de professores. São Luís: Edufma, 2000.

SÃO PAULO. Lei nº 13.279, de 8 de janeiro de 2002. Institui o “Programa Municipal de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo” e dá outras providências. São Paulo: Prefeitura Municipal de São Paulo, 2002.

SLADE, P. O jogo dramático infantil. São Paulo: Summus, 1978.

SPOLIN, V. Jogos teatrais no livro do diretor. Tradução: Ingrid Dormien Koudela. São Paulo: Perspectiva, 1999.

SPOLIN, V. Jogos teatrais na sala de aula. Tradução: Ingrid Dormien Koudela. São Paulo: Perspectiva, 2008.

SPOLIN, V. O fichário de Viola Spolin. Tradução: Ingrid Dormien Koudela. São Paulo: Perspectiva, 2010.

TEIXEIRA, F. N. Diga que você está de acordo!: o material fazer de Brecth como modelo de ação. 2013. Tese (Doutorado em Artes Cênicas) – Universidade Federal da Bahia, 2013.

VASSEN, F. Teatro +− pedagogia do teatro: correspondências entre teatro e pedagogia do teatro. A[l]berto, São Paulo, n. 7, p. 11-20, 2015.

VERGUEIRO, Maria Alice. Criatividade dramática na educação formal de crianças e adolescentes. Boletín Iberoamericano de Teatro para la Infancia y la Juventud, Alicante, n. 1, p. 41-62, 1973.

Downloads

Publicado

2020-08-13

Como Citar

Koudela, I. D. (2020). Maria Alice Vergueiro: a acadêmica: Licenciatura no Departamento de Artes Cênicas da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Sala Preta, 20(1), 229-244. https://doi.org/10.11606/issn.2238-3867.v20i1p229-244

Edição

Seção

HOMENAGEM