A FOTOGRAFIA HOMOERÓTICA AFRICANA DE FANI-KAYODE

Autores

  • Debora Armelin Ferreira

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1983-6023.sank.2019.169161

Palavras-chave:

Fotografia, Homossexualismo, Corpo, Nigéria

Resumo

Esta pesquisa busca analisar a produção artística do fotógrafo nigeriano Rotimi Fani-Kayode (1955-1989) que encontrou na fotografia um meio de expressar de forma sensível e transgressora a questão da homossexualidade, trazendo o seu próprio corpo nu como foco central das composições. Por meio da análise de duas de suas obras pretende-se compreender como a arte possibilita abrir caminhos para discussão sobre a questão de gênero nos tempos atuais, principalmente em países em que o número de mortes da população LGBTI+ ainda é alarmante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-08-08

Como Citar

Ferreira, D. A. (2019). A FOTOGRAFIA HOMOERÓTICA AFRICANA DE FANI-KAYODE. Sankofa (São Paulo), 12(23), 159-177. https://doi.org/10.11606/issn.1983-6023.sank.2019.169161

Edição

Seção

Artigos