Pensamentos da Mulher Negra na Diáspora: Escrita do Corpo, Poesia e História

  • Cristian Souza de Sales Universidade do Estado da Bahia (UNEB)
Palavras-chave: Escrita feminina negra, Poesia, Mulheres negras, Corpo

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar a escrita do corpo feminino negro na produção literária de escritoras afrobrasileiras. Para tanto, foram escolhidas as poesias de Miriam Alves, uma das muitas vozes femininas contemporâneas que tem se empenhado em elaborar outros modelos e novas imagens para o corpo da mulher negra, cujos desenhos, sentidos e significados estão ligados à história e à vivência dos(as) afrodescendentes na diáspora africana. Em seus versos, são inscritas outras formas de dizer este(s) corpo(s) que estão distanciadas das representações estereotipadas, etnocêntricas e falocêntricas construídas, historicamente, por uma tradição cultural no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristian Souza de Sales, Universidade do Estado da Bahia (UNEB)
Mestre pelo Programa em Estudo de Linguagens- PPGEL, da Universidade do Estado da Bahia- UNEB. Professora da Universidade Aberta do Brasil (UAB/EAD).
Publicado
2012-07-06
Como Citar
Sales, C. (2012). Pensamentos da Mulher Negra na Diáspora: Escrita do Corpo, Poesia e História. Sankofa (São Paulo), 5(9), 91-110. https://doi.org/10.11606/issn.1983-6023.sank.2012.88889
Seção
Artigos