Perfil de morbidade dos beneficiários do auxílio-doença em Erechim, RS

  • Mauro Roberto Capoani Instituto Nacional de Seguro Social
  • Marcia Vieira da Motta Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
Palavras-chave: Morbidade, Previdência Social, Benefícios do Seguro, Avaliação da Capacidade de Trabalho, Prova Pericial, Brasil/epidemiologia.

Resumo

 Este trabalho buscou analisar o perfil de morbidade dos beneficiários do auxílio-doença na cidade de Erechim, RS, por meio dos dados obtidos no banco de dados da previdência para os segurados facultativos, individuais e empregados no primeiro semestre de 2015. A análise dos dados indicou que os grupos de segurados frente à concessão do benefício se mostraram estatisticamente distintos quanto ao gênero, idade média na concessão do benefício e tempo de contribuição. O grupo de segurados facultativos, em sua maioria mulheres com idade média acima da 6ª década, apresentou menor tempo de contribuição quando da concessão do benefício. Em números totais, as doenças mais frequentes encontradas de acordo com o Capítulo da CID 10 foram aquelas do sistema osteomuscular (XIII), seguidas de lesões por trauma (XIX), e transtornos mentais (V), sendo o perfil de morbidade significativamente distinto entre os grupos. Quando comparadas as concessões por grupo de doenças motivadoras da incapacidade entre os segurados, observou-se, comparativamente, maior frequência de doenças do aparelho circulatório (IX) no grupo facultativo; lesões por causas externas (XIX) no grupo de contribuintes individuais e transtornos mentais (V) no grupo empregado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mauro Roberto Capoani, Instituto Nacional de Seguro Social
Instituto Nacional de Seguro Social.
Marcia Vieira da Motta, Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
Publicado
2015-12-18
Como Citar
Capoani, M., & Motta, M. (2015). Perfil de morbidade dos beneficiários do auxílio-doença em Erechim, RS. Saúde, Ética & Justiça, 20(2), 84-92. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2770.v20i2p84-92
Seção
Artigo