Óbitos de idosos no trânsito da Cidade de São Paulo, 2011 a 2015.

  • Elizabeth Mascarelli de Almeida Mascarelli de Almeida Almeida Universidade de São Paulo, Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho, São Paulo - SP
  • Mônica Mendonça Lima Mendonça Lima Lima Universidade de São Paulo, Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho, São Paulo - SP
  • Maria Luiza Cavallari Instituto Adolfo Lutz, São Paulo - SP

Resumo

A população brasileira está vivendo mais e, consequentemente, a ocorrência de acidentes envolvendo idosos aumenta. Este trabalho visa conhecer o perfil dos idosos mortos no trânsito da maior metrópole brasileira – São Paulo. De 2011 a 2015, 1.119 maiores de 60 anos morreram no trânsito paulistano. Dessas pessoas, 59,2% eram homens; 59,5% eram aposentados; 73,7% tinham baixa escolaridade e 86,6% estavam como pedestres na ocasião do acidente. A maioria (64,5%) se acidentou durante o dia. Na cidade de São Paulo os idosos pedestres têm o dobro de chance de morrer no trânsito quando comparados ao Brasil como um todo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elizabeth Mascarelli de Almeida Mascarelli de Almeida Almeida, Universidade de São Paulo, Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho, São Paulo - SP
Médica do Trabalho
Mônica Mendonça Lima Mendonça Lima Lima, Universidade de São Paulo, Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho, São Paulo - SP
Doutoranda da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e Médica do Tráfego.
Maria Luiza Cavallari, Instituto Adolfo Lutz, São Paulo - SP

Doutoranda em Ciências pelo Programa de Pós Graduação da Coordenadoria de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde, Instituto Adolfo Lutz.

Publicado
2017-12-12
Como Citar
Almeida, E. M. de A., Lima, M. M. L., & Cavallari, M. (2017). Óbitos de idosos no trânsito da Cidade de São Paulo, 2011 a 2015. Saúde, Ética & Justiça, 22(2), 95-99. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2770.v22i2p95-99
Seção
Artigo