[1]
L. Strazza, E. Massad, e H. Carvalho, “Pontos positivos e negativos observados em uma experiência prática com pares educativos em prevenção de aids numa escola secundária em São Paulo, Brasi”l, Saúde ética justiça, vol. 13, nº 2, p. 51-59, dez. 2008.