Há algo além de lá: identidade, pertencimento e espaço narrativo em O céu de Suely

  • Rayssa Mykelly de Medeiros Oliveira Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal da Paraíba. http://orcid.org/0000-0002-5996-4846
  • Luiz Antonio Mousinho Magalhães Professor associado III da Universidade Federal da Paraíba.
Palavras-chave: cinema, pertencimento, espaço, personagem, O céu de Suely.

Resumo

Este trabalho analisa o filme O céu de Suely (2006), de Karim Aïnouz, dando destaque à construção da protagonista Hermila e ao seu relacionamento conflituoso com o espaço social representado na narrativa. Questões como identidade, pertencimento e identificações vêm sendo debatidas por  os fazem eclodir uma dinâmica complexa que forja indivíduos complexos. Procuramos compreender de que maneira a ficção se apropria deste panorama, não para criar um paralelo infrutífero, mas para enriquecer-se promovendo o diálogo entre texto e contexto (CANDIDO, 2006)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rayssa Mykelly de Medeiros Oliveira, Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal da Paraíba.

Doutoranda em Letras pelo Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), mestre em Letras pelo mesmo programa (2014), graduada em Comunicação Social (2010), também pela UFPB. Membro do Grupo de Pesquisa Sobre Ficção e Produção do Sentido. 

Luiz Antonio Mousinho Magalhães, Professor associado III da Universidade Federal da Paraíba.
Graduado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB (1988), mestre em Letras pela mesma instituição (1994) e doutor em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2003). Atualmente é bolsista de produtividade em pesquisa - PQ, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico- CNPq e professor associado III da Universidade Federal da Paraíba. 

Referências

BACHELARD, G. “A poética do espaço”. In: Os pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

CANDIDO, A. “Crítica e sociologia”. In. Literatura e Sociedade: estudos de teoria e história literária. 5ª ed. São Paulo: Nacional, 1976, p. 3-15.

CANCLINI, N. G. Culturas Híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: EDUSP, 1997.

CAVALCANTI, H. “O desencontro do ser e do ter: a migração nordestina para São Paulo”. In. VI Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais, 2000, Porto: Disponível em http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/7046.pdf. Acesso em 05/05 2014.

CHKLOVSKI, V. “A arte como procedimento”. In: EIKHENBAUN, B. et al. Teoria da Literatura: formalistas russos. Porto Alegre, Globo, 1976. p. 39-56.

ELIADE, M. O sagrado e o profano: a essência das religiões. 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

HALL, S. A identidade cultural na pós–modernidade. 11ª ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.

______. “Quem precisa de identidade?” In. SILVA, T. T. da (org). Identidade e diferença: a perspectiva dos Estudos Culturais. Petrópolis, RJ: Vozes 2000.

LINS, O. Lima Barreto e o espaço romanesco. São Paulo: Ática, 1976.

MARTIN, M. A linguagem cinematográfica. São Paulo: Editora Brasiliense, 2003.

SOUSA, M. W. “O pertencimento ao comum mediático: a identidade em tempos de transição”. Significação – Revista de Cultura Audiovisual, São Paulo, nº 34, p. 31 – 52. 2010.

TOURAINE, A. Poderemos viver juntos? Iguais e diferentes. Petrópolis: Vozes, 1999.

Referências audiovisuais

O CÉU de Suely. Karim Aïnouz, Brasil-França-Alemanha, 2006.

Publicado
2016-08-22
Como Citar
Oliveira, R. M., & Magalhães, L. A. (2016). Há algo além de lá: identidade, pertencimento e espaço narrativo em O céu de Suely. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 43(45), 134-148. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/significacao/article/view/111480