Marcuse, a Grande Recusa e o cinema pós-Maio de 68: uma aproximação

  • Leonardo Gomes Esteves Universidade Federal de Mato Grosso/ UFMT
Palavras-chave: cinema político, cinema francês, vanguarda cinematográfica, Maio de 68

Resumo

Este texto propõe uma transposição da Grande Recusa, conceito evidenciado na obra do filósofo alemão Herbert Marcuse, para a produção cinematográfica que insurge influenciada pelo Maio de 68. A reflexão se dá a partir do curta-metragem Actua 1 (1968), dirigido por Philippe Garrel, Serge Bard e Patrick Deval, e na utilização do travelling como ferramenta para proporcionar a emancipação do espectador frente a uma sociedade unidimensional e castradora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Gomes Esteves, Universidade Federal de Mato Grosso/ UFMT
Mestre em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Doutor em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) com período sanduíche na Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3 (bolsa Capes). É professor do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Referências

Referências bibliográficas

ALTHUSSER, L. A favor de Marx. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1979.

BRENEZ, N. Cinémas d’avant-garde. Paris: Cahiers du cinéma, 2006.

BRODY, R. Everything is cinema: the working life of Jean-Luc Godard. Nova York: Metropolitan books, 2008.

COMBES, P. La litterature et le mouvement de Mai 68. Tese (Doutorado) – École des hautes études en sciences sociales, Paris, 1981.

FARGIER, J.P. “La parenthèse et le detour. Essai de définition théorique du rapport cinéma et politique”. Cinéthique, Paris, nº 5, set-out. 1969.

GODARD, J.L. “Preface”. In: BUACHE, F. Le cinema français des années 70. Renens: 5 continents, 1990.

JAPPE, A. Guy Debord. Lisboa: Antígona, 2008.

KANGUSSU, I. Leis da liberdade – A relação entre estética e política na obra de Herbert Marcuse. São Paulo: Edições Loyola, 2008.

LEBLANC, G. Louis Althusser et la theorie du cinéma en France. Paris: Association Media Création Recherche, 2008. Disponível em: http://www.mediascreationrecherche.com/LOUIS%20ALTHUSSER%20.pdf. Último acesso em: 27.05.2017.

LOUREIRO, I (org.). Herbert Marcuse: A grande recusa hoje. Petrópolis: Vozes, 1999.

MARCUSE, H. “A arte na sociedade unidimensional”. In: LIMA, L.C. (org.). Teoria da cultura de massa. São Paulo: Paz e terra, 2002.

____. A dimensão estética. São Paulo: Martins Fontes, 1981.

____. A sociedade como obra de arte. Novos Estudos, São Paulo, nº 60, julho. 2001.

____. An essay on liberation. Boston: Beacon Press, 1969.

____. Contra-revolução e revolta. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1973.

____. Eros e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1975.

____. O homem unidimensional. São Paulo: EDIPRO, 2015.

OLIVERA, P. “Les livres de Mai”. In: DAMAMME, D. et al. (orgs.). Mai-Juin 68. Paris: Les Éditions de l’Atelier/ Éditions Ouvrières, 2008.

PACI, V. “On vous parle de... ciné-tracts”. In: HABIB, A.; PACI, V. (orgs.). Chris Marker et l’imprimerie du regard. Paris: L’Harmattan, 2008.

TREBITSCH, M. “Voyages autour de la révolution. Les circulations de la pensée critique de 1956 à 1968”. In: DREYFUS-ARMAND, G.; Frank, R.; Lévy, M-F.; ZANCARINI-FOURNEL, M. (orgs). Les années 68 – le temps de la contestation. Bruxelas: Éditions Complexe, 2008.

ROSS, K. May’ 68 and its afterlives. Chicago: The University of Chicago Press, 2002.

VANEIGEM, R. A arte de viver para as novas gerações. São Paulo: Veneta, 2016.

VERTOV, D. “Dziga Vertov”. In: XAVIER, I. (org.). A experiência do cinema. São Paulo: Edições Graal, 2008.

ZIMMER, C. Cinéma et politique. Paris: Seghers, 1974.

Referências audiovisuais:

ACÉPHALE. Patrick Deval, França. 1968.

ACTUA 1. Philippe Garrel, Serge Bard, Patrick Deval, França. 1968.

DÉTRUISEZ-VOUS. Serge Bard, França. 1968

LE révélateur. Philippe Garrel, França-Alemanha. 1968.

UN film comme les autres (Um filme como os outros). Jean-Luc Godard, França. 1968.

WEEK-END (Week-end à francesa). Jean-Luc Godard, França. 1967.

Publicado
2018-07-04
Como Citar
Esteves, L. (2018). Marcuse, a Grande Recusa e o cinema pós-Maio de 68: uma aproximação. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 45(50), 44-61. https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2018.141990