A Vida e a Lama

três cinematografias seduzidas pela memória

  • Rogério Luiz Silva Oliveira Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
Palavras-chave: cinematografia, memória, dispositivo, trauma, vida

Resumo

Uma grande reportagem exibida na TV; uma experimentação em realidade virtual; um documentário de longa duração. A partir destes três trabalhos, propõe-se uma reflexão sobre a relação entre cinematografia e memória. O contexto é o conjunto de fatos e desdobramentos posteriores ao rompimento da barragem de Fundão, no município de Mariana (MG), no dia 5 de novembro de 2015. Atento ao modo como são criadas circunstâncias para apresentar os dramas humanos vividos após a tragédia, o foco está no modo como as imagens em movimento dão sentido a objetivos muito maiores que a mera experimentação técnica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rogério Luiz Silva Oliveira, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Professor da área de Cinema e Audiovisual do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

Referências

BACHELARD, G. A poética do espaço. Tradução de Joaquim José Moura Ramos et al. São Paulo: Abril Cultural, 1978. (Coleção Os Pensadores).

BENJAMIN, W. “Escavando e recordando”. In: BENJAMIN, W. Obras escolhidas II: rua de mão única. São Paulo: Brasiliense, 1987. p. 239-240.

DIDI-HUBERMAN, G. O que vemos, o que nos olha. São Paulo: Editora 34, 1998. (Coleção Trans).

DIDI-HUBERMAN, G. Cascas. São Paulo: Editora 34, 2017.

HUYSSEN, A. Seduzidos pela memória: arquitetura, monumentos, mídia. Rio de Janeiro: Aeroplano, 2000.

SONTAG, S. Sobre fotografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

Referências audiovisuais

MARIANA: um ano depois (reportagem). Criação: Programa Fantástico. Rio de Janeiro: Rede Globo, 2016.

MEMÓRIAS rompidas: tragédia em Mariana (documentário). Belo Horizonte: TV Assembleia Minas Gerais, 2016.

RIO de lama: a maior tragédia ambiental do Brasil. Direção: Tadeu Jungle. Brasil, 2016a. 9 min 35 seg. Disponível em: https://bit.ly/25Jtwfk. Acesso em: 19 mai. 2018.

RIO de lama: visão do diretor. Direção: Tadeu Jungle. Brasil, 2016b. 10 min. Disponível em: https://bit.ly/2uDhqs3. Acesso em: 19 mai. 2018.

Publicado
2019-07-01
Como Citar
Oliveira, R. (2019). A Vida e a Lama. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 46(52). https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2019.147804