Helena Solberg: uma cineasta brasileira na televisão norte-americana

  • Ana Claudia Camila Veiga de França Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Ronaldo de Oliveira Corrêa Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: Helena Solberg, Documentário, Televisão, História do cinema brasileiro

Resumo

Este ensaio circunscreve o seguinte argumento: as ideias de Raymond Williams sobre a televisão como forma e experiência cultural ampliam a compreensão sobre o período em que a cineasta brasileira Helena Solberg dirigiu diversos documentários para uma emissora de televisão norte-americana na década de 1980. Para sustentar este argumento, nos apoiamos em análises tecidas por Raymond Williams em Television (1974) e nas pesquisas sobre a trajetória de Helena Solberg realizadas por Mariana Tavares e Ana Maria Veiga. Como resultado, esperamos explicitar como os documentários dirigidos por Helena, financiados e exibidos pela emissora estadunidense Public Broadcasting Service (PBS), integram usos e práticas televisivas mais democráticas, que a partir de Williams podem ser mais bem contextualizadas e compreendidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Claudia Camila Veiga de França, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Mestre e doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Tecnologia e Sociedade da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (PPGTE/UTFPR). Professora do Departamento Acadêmico de Desenho Industrial (Dadin) da UTFPR.

Ronaldo de Oliveira Corrêa, Universidade Federal do Paraná

Mestre pelo PPGTE/UTFPR e doutor pelo PPGICH/UFSC. Professor na Universidade Federal do Paraná (UFPR), onde atua na graduação e pós-graduação em design.

Referências

CORRY, J. “Portrait of a terrorist”. The New York Times, New York, 20 mai. 1986. Section C, p. 17. Disponível em: https://nyti.ms/302zk8C. Acesso em: 1º jun. 2020.

MCGUIRE, C. “A portrait of a terrorist”. Chicago Tribune, Chicago, 23 jun. 1986. Disponível em: https://bit.ly/2XosAzW. Acesso em: 1º jun. 2020.

ORTIZ, J. M.; AUTRAN, A. “O cinema brasileiro das décadas de 1970 e 1980”. In: RAMOS, Fernão Pessoa; SCHVARZMAN, Sheila (org.). Nova história do cinema brasileiro. São Paulo: Edições Sesc, 2018. v. 2. p. 202-265.

POLAN, D. “Raymond Williams on film”. Cinema Journal, Austin, v. 52, n. 3, p. 1-18, 2013.

SERELLE, M. “A televisão como meio híbrido no pensamento de Raymond Williams”. Significação, São Paulo, v. 43, n. 45, p. 187-199.

TAVARES, M. R. S. Helena Solberg: trajetória de uma documentarista brasileira. 2011. Tese (Doutorado em Artes) – Faculdade de Belas Artes, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2011.

TAVARES, M. R. S. Helena Solberg: do Cinema Novo ao documentário contemporâneo. São Paulo: É Tudo Verdade, 2014.

TAVARES, M. R. S. “Helena Solberg: militância feminista e política nas Américas”. In: HOLANDA, Karla; TEDESCO, Marina Cavalcanti (org.). Feminino e plural: mulheres no cinema brasileiro. Campinas: Papirus, 2017.

THOMAS, P. N. “The contributions of Raymond Williams and E. P. Thompson to communication and social change theory and practice”. European Journal of Communication, Thousand Oaks, v. 32, n. 5, p. 1-14, 2017.

VEIGA, A. M. Cineastas brasileiras em tempos de ditadura: cruzamentos, fugas, especificidades. 2013. Tese (Doutorado em História Cultural) – Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2013.

WILLIAMS, R. Television: technology and cultural form. New York: Routledge, 2003.

WILLIAMS, R. Televisão: tecnologia e forma cultural. Belo Horizonte: Editora PUC Minas; São Paulo: Boitempo, 2016.

Publicado
2020-07-09
Como Citar
França, A. C. C. V. de, & Corrêa, R. de O. (2020). Helena Solberg: uma cineasta brasileira na televisão norte-americana. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 47(54), 233-250. https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2020.155246