A hora dos fornos, cinquenta anos depois

uma trilha de fogo para o cinema político

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2020.156829

Palavras-chave:

cinema, Solanas, Getino, América Latina

Resumo

A resenha aborda o livro A trail of fire for political cinema: the hour of the furnaces fifty years later (Uma trilha de fogo para o cinema político, a hora dos fornos cinquenta anos depois), organizado por Javier Campo e Humberto Pérez-Blanco. A obra pretende retomar o debate e a análise do filme A hora dos fornos (1968), realizado pelo grupo argentino Cine Liberación, sob direção de Fernando Solanas e Octavio Getino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mônica Cristina Araujo Lima Horta, Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

Atualmente é gestora do Acervo Histórico do Departamento de Documentação e Informação da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1993), mestrado (2000) e doutorado (2006) pelo Programa de Pós- Graduação em América Latina da Universidade de São Paulo. Pós-Doutorado pelo Departamento de História da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Referências

CAMPO, J.; PÉREZ-BLANCO, H. (eds.). A trail of fire for political cinema: the hour of the furnaces fifty years later. Chicago: The University of Chicago Press, 2018.

Downloads

Publicado

2020-05-04

Como Citar

Horta, M. C. A. L. (2020). A hora dos fornos, cinquenta anos depois: uma trilha de fogo para o cinema político. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 47(53), 337-343. https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2020.156829