Da incerteza ao inconsciente: confluências entre ciência e psicanálise

  • Rosana de Lima Soares Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Sujeito, Inconsciente, Ciências humanas, Incompletude, Linguagem.

Resumo

Na primeira metade do século 20, uma instigante confluência parece acontecer entre as descobertas científicas e o campo das chamadas ciências humanas. Dizemos confluência por entendermos que o surgimento de uma nova concepção de sujeito leva à modificação nas concepções da ciência clássica e, ao mesmo tempo, é por haver a possibilidade de questionar a assertividade e a objetividade da ciência que um novo conceito de sujeito pôde emergir. Ao estabelecer tais correlações, acreditamos poder demonstrar a radicalidade do pensamento freudiano, que ao articular o conceito de inconsciente traz à cena das ciências humanas a possibilidade de pensar, a exemplo do que acontecia nas ciências exatas, a incompletude e a imprevisibilidade, a incerteza e o caos; da mesma forma, apenas um sujeito desde sempre faltante poderia sustentar tais rupturas no campo da investigação científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2004-12-23
Como Citar
Soares, R. (2004). Da incerteza ao inconsciente: confluências entre ciência e psicanálise. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 31(21), 169-206. https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2004.65587
Seção
Artigos