Da ficção ao brinquedo: enunciados plásticos em As Meninas Superpoderosas

  • Juliana Pereira de Sousa Centro Universitário Curitiba
Palavras-chave: Comunicação, Televisão, Brinquedos, Consumo, As Meninas Superpoderosas.

Resumo

Esta pesquisa se propõe ao exame dos processos significacionais constituídos entre a televisão e os brinquedos-personagem a partir do desenho animado Meninas Superpoderosas (The Powerpuff Girls). Tal análise busca reconhecer o brinquedo contemporâneo como um objeto de comunicação capaz de traduzir fatores socioculturais contextualizados na atual sociedade midiática. Para tanto, faz-se uso dos sistemas significantes e mecanismos de articulação de sentidos da semiótica discursiva e da relação entre os níveis do conteúdo e de expressão, segundo fundamentos da Teoria Semiótica Plástica.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-12-23
Como Citar
Sousa, J. (2009). Da ficção ao brinquedo: enunciados plásticos em As Meninas Superpoderosas. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 36(32), 159-187. https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2009.68097
Seção
Artigos