Decifra-me ou te Devoro, ou do Enigma da Criação em Greenaway

  • Rosana de Lima Soares Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Palavras-chave: Cinema, Intertextualidade, Texto fílmico, Criação, Mito

Resumo

Partindo da idéia de texto como trama geradora de sentidos, este artigo aborda o curta-metragem M is for man, music and Mozart (dirigido em 1 991 por Peter Greenaway para a televisão inglesa) em busca de alguns de seus possíveis e múltiplos intertextos. Nesta viagem, chega-se ao Renascimento italiano e alguns de seus mestres, metáfora feliz de Greenaway sobre a gênesis do homem e de seus mitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1999-03-30
Como Citar
Soares, R. (1999). Decifra-me ou te Devoro, ou do Enigma da Criação em Greenaway. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, (13), 163-183. https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.1999.90540
Seção
Artigos