Abra a felicidade – O discurso da Coca-Cola no caso “rato na garrafa”: Consumo, cotidiano e sujeito

  • Jéssica de Cássia Rossi Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
  • Marcelo da Silva Universidade Metodista de São Paulo
Palavras-chave: consumo, comunicação, discurso, Coca-Cola

Resumo

Ao considerar a sociedade de consumo presenteísta, efêmera e fugaz, este artigo visa compreender o discurso da Coca-Cola diante de uma acusação judicial feita por um consumidor em 2013. Para tanto, apresentamos reflexões que caracterizam a lógica de consumo na sociedade contemporânea, a qual pode determinar a cotidianidade dos sujeitos. Por meio da análise de discurso organizacional problematizamos o caso “rato na garrafa”, apontando alguns dos desafios que as relações de consumo impõem às marcas, evidenciando certo despreparo frente a novas demandas coletivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jéssica de Cássia Rossi, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Doutoranda em Ciências Sociais da FFC-UNESP- Marília; Mestra em Comunicação Midiática pela FAAC – Unesp – Bauru; Professora do curso de Relações Públicas, Jornalismo e Publicidade da Universidade Sagrado Coração, Membro do GEPCOM.
Marcelo da Silva, Universidade Metodista de São Paulo
Doutorando em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo; Mestre em Comunicação Midiática pela FAAC - Unesp- Bauru; Bolsista CAPES, Membro do GEPCOM e do COLING.
Publicado
2014-12-09