Deslizando pelas categorias sígnicas de C. S. Peirce: um estudo de caso

  • Marcelo Santos Faculdade Cásper Líbero
  • Priscila Borges Universidade de Brasília
Palavras-chave: deslizamento de categoria, símbolo, interpretante, semiótica aplicada, marca

Resumo

Ao apropriar-se, fonética e graficamente, da fórmula da água (o legissígno simbólico H2O), a marca de refrigerantes H2OH! adotou uma estratégia semiótica peculiar: deslocou um signo predominantemente de terceiridade para a primeiridade, habilitando-o a gerar, preferencialmente, interpretantes na esfera qualitativa-sugestiva. Neste trabalho, fazemos a análise semiótica da marca grafada no rótulo da bebida, com enfoque nos interpretantes da divisão dos signos em dez tricotomias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Santos, Faculdade Cásper Líbero

Professor permanente do Mestrado em Comunicação da Faculdade Cásper Líbero. Doutor e mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Priscila Borges, Universidade de Brasília

Professora do Departamento de Audiovisuais e Publicidade da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília. Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Ouro Preto. Doutora e mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Publicado
2017-06-07