Impressoras 3D: uma mudança na dinâmica do consumo

  • Cristiano Max Pereira Pinheiro Universidade Feevale
  • Gabriela Ehlers Mota Universidade Feevale
  • Camilla Steinhaus Universidade Feevale
  • Mikaela de Souza Universidade Feevale.
Palavras-chave: Impressoras 3D, Dinâmica de consumo, Propriedade intelectual, Economia criativa

Resumo

Este artigo tem como tema a mudança no modo de consumir produtos e/ou ideias, gerada pela maior acessibilidade financeira das impressoras 3D. A questão norteadora deste estudo reflete sobre a mudança nos processos de projetar, fabricar e consumir diversos objetos devido ao uso desses equipamentos. Para apresentar um panorama inicial, optou-se por uma metodologia baseada em uma pesquisa exploratória de cunho bibliográfico. Obras de autores como Anderson e Gorni, publicadas respectivamente em 2012 e 2013, fundamentam a análise.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiano Max Pereira Pinheiro, Universidade Feevale

Doutor em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Coordenador do Laboratório de Criatividade e professor do mestrado em Indústria Criativa na Universidade Feevale.

Gabriela Ehlers Mota, Universidade Feevale
Graduada em Moda pela Universidade Feevale.
Camilla Steinhaus, Universidade Feevale
Graduada em Moda pela Universidade Feevale.
Mikaela de Souza, Universidade Feevale.
Graduada em Design Gráfico pela Universidade Feevale. Bolsista do Laboratório de Criatividade.
Publicado
2018-01-15