A inclusão social de usuários dos Centros de Atenção Psicossocial álcool e outras drogas de um município paulista

  • Silvana Proença Marchetti Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Toyoko Saeki Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Palavras-chave: Saúde Mental, Serviços de Saúde Mental, Inclusão Social, Usuários de Drogas

Resumo

Objetivo: investigar a inclusão social de usuários em atendimento em dois Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Outras Drogas, na cidade de Campinas – SP, sob a perspectiva dos profissionais que neles atuam. Método: neste estudo qualitativo, os dados foram analisados segundo o método de análise de conteúdo, na especificidade análise temática. Resultados: o estudo permitiu desdobramentos em três categorias: 1-) a visão do profissional sobre inclusão social dos usuários problemáticos de drogas; 2-) o cuidado à inclusão social; e 3-) os limites e potencialidades para inclusão social desses usuários. Conclusão: o posicionamento político-ideológico dos profissionais e suas considerações sobre sofrimento ético-político têm influência sobre os modelos de atenção aos usuários.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-11-08
Como Citar
Marchetti, S., & Saeki, T. (2019). A inclusão social de usuários dos Centros de Atenção Psicossocial álcool e outras drogas de um município paulista. SMAD Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas (Edição Em Português), 15(4), 1-8. https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2019.151283
Seção
Artigo Original