Condições de vida e saúde de idosos com transtornos mentais de acordo com o sexo

Palavras-chave: Condições Sociais, Saúde Mental, Idoso, Nível de Saúde

Resumo

Objetivo: analisar as condições de vida e saúde de idosos usuários de ambulatório de saúde mental de acordo com o sexo. Método: estudo transversal realizado em Ambulatório de Saúde Mental do interior paulista, Brasil, com 138 idosos, por meio de entrevistas. As análises inferenciais foram realizadas por meio do teste de qui-quadrado de Pearson e da extensão do teste exato de Fisher. Resultados: as mulheres realizavam mais frequentemente prevenção de câncer, vacinação da gripe, uso de aparelhos auxiliares, quando necessários; apresentaram diagnósticos em saúde mental realizados na vida adulta, estado conjugal “vive só”, independência nas atividades de vida diária e transtornos de humor e de personalidade. Os homens tiveram diagnósticos em saúde mental mais tardios, uso pregresso de álcool e transtornos mentais e de comportamento decorrentes do uso de substâncias psicoativas. Conclusão: as condições de vida e saúde dos idosos com transtorno mental apresentaram características diferentes quando se comparou o sexo masculino com o feminino. Isto evidencia a necessidade da busca pelo conhecimento das diferenças, para quem os atende profissionalmente, considerando os contextos que acarretaram o adoecimento e as condições atuais de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-02-21
Como Citar
Freire, M., Marin, M., Lazarini, C., & Damaceno, D. (2020). Condições de vida e saúde de idosos com transtornos mentais de acordo com o sexo. SMAD Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas (Edição Em Português), 16(1), 1-11. https://doi.org/10.11606//issn.1806-6976.smad.2020.153846
Seção
Artigo Original