Tentativa de suicídio e fatores associados ao padrão uso e abuso do álcool

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606//issn.1806-6976.smad.2020.157007

Palavras-chave:

Suicídio, Tentativas, Álcool, Alcoolismo

Resumo

Objetivo: este estudo teve como objetivo relacionar o padrão de uso, abuso e problemas relacionados ao álcool entre os pacientes que tentaram suicídio em Recife no ano de 2015. Método: trata-se de um estudo transversal, prospectivo, do tipo descritivo, epidemiológico, de abordagem quantitativa, no município do Recife-PE, realizado nas residências dos pacientes que tentaram suicídio e cujo nome consta em notificações compulsórias enviadas para a Vigilância de Atenção a Doenças não Transmissíveis da Secretaria Municipal do Recife. Para a coleta dos dados, aplicou-se o
teste AUDIT, por meio de entrevistas, sendo esses dados organizados com o programa EPI-7 e analisados no programa SPSS®, versão 21.0. Resultados: apresentou-se uma prevalência maior em mulheres jovens, com idade média de 38 anos, com 1º grau de escolaridade, cor parda, solteiras, desempregadas e pertencentes à classe social C. No teste AUDIT, 41,4% dos entrevistados encontram-se na zona I, necessitando de aconselhamento aos riscos do consumo de álcool, e 24,1% dos pacientes bebem. Conclusão: os comportamentos suicidas acentuam-se com o uso abusivo do álcool e, por isso, devem ser encarados pelas equipes de saúde com seriedade, respeito e compromisso, pois os agravos e as consequências dessas complicações se tornam ainda mais difíceis quando negligenciados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2020-02-21

Como Citar

Cordeiro, E. L., Silva, L. S. R. da, Mendes, E. W. P., Silva, L. C. L. da, Duarte, V. L., & Lima, Évelyn C. M. P. (2020). Tentativa de suicídio e fatores associados ao padrão uso e abuso do álcool. SMAD Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas (Edição Em Português), 16(1), 1-10. https://doi.org/10.11606//issn.1806-6976.smad.2020.157007

Edição

Seção

Artigo Original