Teorias vibracionais da luz na Grã-Bretanha do século xviii

  • Breno Arsioli Moura Universidade Federal do ABC. Centro de Ciências Naturais e Humanas
Palavras-chave: Concepção vibracional. Óptica. Le Cat. Franklin. Knight. Wilson. Higgins. Newton

Resumo

Neste artigo, apresento um estudo sobre as teorias vibracionais da luz desenvolvidas no século xviii. É bem sabido que esse século foi dominado pelas ideias newtonianas, o que teve impacto não somente no desenvolvimento da própria filosofia natural, mas espalhou-se para outros campos do conhecimento. Na óptica, em particular, houve um predomínio da concepção corpuscular, embasada pela Óptica de Newton, publicada em 1704. Entretanto, havia dissidentes. No decorrer do século xviii, alguns filósofos naturais criticaram a concepção corpuscular e buscaram desenvolver modelos alternativos, fundamentados em teorias vibracionais da luz. Eu me proponho elucidar os pontos principais dessas teorias, bem como discutir por que elas não repercutiram de maneira significativa
Publicado
2016-12-30
Como Citar
Moura, B. (2016). Teorias vibracionais da luz na Grã-Bretanha do século xviii. Scientiae Studia, 14(2), 333-356. https://doi.org/10.11606/S1678-31662016000200003
Seção
Artigos