Portal da USP Portal da USP Portal da USP

O mecanismo da visão: o percurso da luz através do olho humano nos manuais escolares portugueses de ciências naturais (1900-1950)

Bento Cavadas

Resumo


Na sequência da comemoração do Ano Internacional da Luz (2015), o objetivo principal deste artigo é mostrar como o sentido da visão foi abordado nos programas e manuais escolares de ciências naturais publicados na primeira metade do século xx em Portugal. Para tal, utilizou-se um método de caráter qualitativo assente no conceito de transposição didática de Chevallard. A análise dos conteúdos programáticos de ciências naturais mostrou que o sentido da visão foi associado ao estudo da rubrica dos órgãos dos sentidos. A descrição anatômica do sentido da visão organizou-se essencialmente em torno do globo ocular e dos órgãos acessórios do olho. A análise dos manuais mostrou que a transposição didática do conhecimento científico sobre o sentido da visão se expressou através de descrições minuciosas das membranas e humores do olho, órgãos acessórios e da constituição e funcionamento do aparelho lacrimal. Os autores revelaram também um conhecimento aprofundado do mecanismo da visão, explicando com clareza o percurso da luz e a formação das imagens através dos vários constituintes do globo ocular até à retina. Os manuais publicados nas primeiras duas décadas do século xx foram mais exaustivos na abordagem a esses órgãos e ao mecanismo da visão do que os publicados entre as décadas de 1930 e 1950

Palavras-chave


Ensino. Manuais escolares. Luz. Olho humano. Visão

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/S1678-31662016000200004

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.