Luiz Gama por Luiz Gama: carta a Lúcio de Mendonça

  • Ligia Fonseca Ferreira
Palavras-chave: Luiz Gama, escritor negro, Lúcio de Mendonça, cartas, autobiografia, escravidão, abolicionismo, república

Resumo

A carta de Luiz Gama a Lúcio de Mendonça, datada de 25 de julho de 1880, traz a história de vida do único ex-escravo brasileiro que se destacaria como homem de letras e líder dos movimentos abolicionista e republicano. Neste trabalho, pretendemos mostrar como esta carta, em geral considerada de forma isolada, se inscreve numa rede intertextual que modifica e multiplica seus níveis de leitura. Sua originalidade reside tanto no valor do depoimento como nos seus fenômenos enunciativos. Evocamos também a história inédita de um documento que só vem a lume nos anos 1930, cercada de uma polêmica que amplia hoje as possibilidades interpretativas. Por fim, analisar as fronteiras entre os gêneros epistolar e autobiográfico permite-nos questionar em que medida se trata realmente de uma “Autobiografia’, tal como esta carta vem sendo apresentada há mais de sessenta anos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ligia Fonseca Ferreira
é doutora pela Universidade de Paris 3 - Sorbonne
Publicado
2008-12-18
Como Citar
Ferreira, L. (2008). Luiz Gama por Luiz Gama: carta a Lúcio de Mendonça. Teresa, (8-9), 300-321. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/teresa/article/view/116741
Seção
Temas e Tempos