Homem cordial e suas fardas: os fracassos da modernidade em "Triste fim de Policarpo Quaresma"

  • Šárka Grauová Universidade Carolina (Praga)

Resumo

O artigo concentra-se na representação do mundo militar no romance Triste fim de Policarpo Quaresma. Partindo do pressuposto de que a sociedade moderna se caracteriza pelos princípios da legalidade, da funcionalidade e da impessoalidade, analisa a farda como uma metonímia da nova ordem almejada pelos adeptos da República, mas na qual persistem usos e costumes antigos, sob a aparência inconvincente da modernidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-13
Como Citar
Grauová, Šárka. (2018). Homem cordial e suas fardas: os fracassos da modernidade em "Triste fim de Policarpo Quaresma". Teresa, 1(19), 347-357. https://doi.org/10.11606/issn.2447-8997.teresa.2018.149348
Seção
Seção livre