Kafka no Brasil: 1946-1979

  • Denise Bottmann
Palavras-chave: Kafka, história da tradução no Brasil, literatura de língua alemã

Resumo

Este artigo aborda três temas referentes à presença de Kafka no Brasil. Primeiramente, como algumas traduções espanholas anônimas foram atribuídas a Jorge Luis Borges e foram utilizadas em diversas traduções brasileiras. A seguir, uma demonstração de que a língua de interposição utilizada por Torrieri Guimarães, o mais prolífico tradutor de Kafka entre nós, foi o espanhol. Por fim, um levantamento dos textos de Kafka traduzidos e publicados no Brasil entre 1946 e 1979.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denise Bottmann

Nascida em 1954, em Curitiba, é formada em História pela UFPR, mestre em Teoria da História pela UNICAMP, docente do Departamento de Filosofia da UNICAMP (1983-1996). Tradutora de mais de uma centena de obras na área de ciências humanas e literatura, do inglês, francês e italiano: http://www.dicionariodetradutores.ufsc.br/pt/DeniseBottmann.htm. Pesquisadora de história da tradução no Brasil, com vários artigos em revistas especializadas. Mantém o blog http://naogostodeplagio.blogspot.com.br/.

Publicado
2015-03-17
Como Citar
Bottmann, D. (2015). Kafka no Brasil: 1946-1979. Tradterm, 24, 213-238. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2014.96564
Seção
Artigos