[1]
L. M. Amorim, “A variação linguística em traduções de ‘alta literatura’ e de best-sellers de ficção popular”, Tradterm, vol. 31, p. 136-163, out. 2018.