Algumas raízes do anti-semitismo no Brasil ou um outro olhar sobre Paris

Autores

  • Eva Alterman Blay USP; FFLCH; Departamento de Sociologia

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0103-20702001000100009

Palavras-chave:

anti-semitismo, campo de concentração, Drancy, França

Resumo

A construção da cultura passa por múltiplas influências culturais. A dinâmica cultural desmente pretensas posições etnocêntricas. Ao longo do tempo a história brasileira se viu vinculada a vários sistemas socioculturais e, nos dois últimos séculos, às influências ibérica, africana e indígena houve intensa incorporação da cultura francesa e anglo-saxônica que somadas, moldaram, em grande parte, nossos corações e mentes. Neste trabalho se focaliza a influência da cultura e do catolicismo conservador francês na formação do anti-semitismo brasileiro. A partir da análise da iconografia religiosa se observará uma das fontes da construção da diabolização do judeu no imaginário popular e culto. A construção da exclusão social dos judeus franceses e sua deportação para campos de concentração será observada através de um roteiro pelo Marais, o bairro judaico de Paris. A arquitetura concentracionista de Corbusier completa o quadro da exclusão social. Todos estes elementos, reunidos, permitem entender, em parte, como foi sendo construída a imagem do judeu imigrante no Brasil expressa por vários autores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2001-05-01

Como Citar

Blay, E. A. (2001). Algumas raízes do anti-semitismo no Brasil ou um outro olhar sobre Paris . Tempo Social, 13(1), 129-142. https://doi.org/10.1590/S0103-20702001000100009

Edição

Seção

Artigos