Literatura e audiovisual em José Mauro de Vasconcelos

Palavras-chave: Literatura e audiovisual, Literatura popular sentimental, Circulação transnacional da literatura, Literatura e carnaval

Resumo

Este artigo abre um debate sobre as condições de circulação e recepção transnacional das obras como fator de diferenciação nas carreiras literarias nacionais. O objetivo central é mostrar de que modo as dinâmicas da tradução funcionam como recursos possíveis para reconhecimento e consagração, considerando escritores posicionados nas margens da produção simbólica nacional. O percurso do escritor José Mauro de Vasconcelos, cuja obra descreve movimentos entre a literatura e o audiovisual a partir de 1950, estabelece relações explicativas de alto rendimento analítico com a problemática da recepção transnacional da produção brasileira. A confluência e a transferência entre cânones nacionais, além de aproximar escalas de observação dos regimes de autoria, vinculam-se à circulação da literatura popular sentimental para além dela mesma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andrea Borges Leão, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Pesquisadora do CNPq. Professora do Departamento de Ciências Sociais e do Programa de Pós-graduação em Sociologia da UFC. Líder do Grupo de Estudos em Cultura, Comunicação e Artes (Gecca/UFC) e membro do grupo de pesquisa Cultura, Memória e Desenvolvimento (CMD/UnB)

Edson Farias, Universidade de Brasília (UnB)

Pesquisador do CNPq. Professor Programa de Pós-graduação em Sociologia da UnB e do PPG em Memória: Sociedade e Linguagem da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Líder do grupo de pesquisa Cultura, Memória e Desenvolvimento (CMD/UnB). Editor da revista Arquivos do CMD. Membro do Conselho do Museu AfroDigital Carioca e do Comitê de Imagem e Som da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS)

Referências

Aguiar, Luiz Antônio. (2018), “A literatura de O meu pé de laranja lima”. In: Vasconcelos, José Mauro de. O meu pé de laranja lima. São Paulo, Melhoramentos.
Andrade, Valério. (dez. 1970), “O meu pé de laranja lima”. Jornal do Brasil, “Caderno B”, Rio de Janeiro, p. 2. Disponível em http://memoria.bn.br/docreader/DocReader.aspx?bib=030015_09&pagfis=22016, consultado em set. 2019.
Augusto, Sérgio. (maio 1970), “O meu pé de laranja lima”. Jornal do Brasil, “Caderno B”, Rio de Janeiro, p. 4. Disponível em http://memoria.bn.br/docreader/030015_09/7863.
Barroso, Haydee. (1978), Vida y saga de Jose Mauro de Vasconcelos. Buenos Aires, Libreria El Ateneo Editorial.
Bourdieu, Pierre. (2009), “Les conditions sociales de la circulation internationale des idées”. In: Sapiro, G. L’espace intellectuel en Europe. De la formation des États-nations à la mondialisation XIXe-XXIe siècle. Paris, La Découvert.
Bourdieu, Pierre. (2001), Science de la science et réflexivité. Paris, Raison d’Agir.
Bulletin d’ Analyses de Livres pour Enfants (1971), Paris, La Joie par les livres, 24.
Cagno, Carmen. “Um novo round: Zé Mauro versus crítica”. (out. 1979), Jornal da República, “Literatura”, São Paulo. Disponível em http://memoria.bn.br/DocReader/194018/775.
Cascudo, Luís da Câmara. (1944), “Apresentação”. In:Vasconcelos, José Mauro de. Banana brava. Rio de Janeiro, Coleção Centenário de Luís da Câmara Cascudo, 1944.
Casanova, Pascale. (2007), “Reflexiones sobre algunos usos prácticos de la noción de autonomia relativa”. In: Champagne, Patrick; Pinto, Louis & Sapiro, Gisèle. Pierre Bourdieu, sociólogo. Buenos Aires, Nueva Visión.
Dantas, Audálio. (out. 1979), “José Mauro: 18 livros e muitos amores”. Revista Realidade, Abril.
Elias, Norbert. “Le concept freudien de société et au-delà”. ([1990] 2010), In: Au-delà de Freud. Sociologie, psychologie, psychanalyse. Paris, La Découverte.
Farias, Edson. (2006), O desfile e a cidade: o carnaval-espetáculo carioca. Rio de Janeiro, E-Papers.
Freyre, Gilberto. (2010), Encontros, a arte da entrevista. Rio de Janeiro, Azougue.
Jornal do Brasil. (abr. 1970), Rio de Janeiro. Disponível em http://memoria.bn.br/docreader/
DocReader.aspx?bib=030015_09&pagfis=7079, consultado em set. 2019.
Jurt, Joseph. (2014). Naciones literarias: una sociología del campo literario. Córdoba, Villa María, Eduvim.
Lahire, Bernard. (2006), La condition littéraire: la double vie des écrivains. Paris, Éditions La Découverte.
Leão, Andréa Borges. (2018), “José Mauro de Vasconcelos: o intérprete e as traduções do Brasil”. Política & Sociedade, 17 (39): 141-168. Disponível em https://periodicos.ufsc.br/index.php/politica/article/viewFile/2175-7984.2017v17n39p141/37833.
“Livros Novos”. (out. 1948), O Cruzeiro, “No Mundo dos Livros”. Disponível em http://memoria.bn.br/DocReader/003581/56094, consultado em 4/1/2020.
Machado, Aluízio. (mar. 1979), “Feira do Livro de Buenos Aires: 100 mil títulos para meio milhão de compradores”. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro. Disponível em http://memoria.bn.br/docreader/DocReader.aspx?bib=030015_09&PagFis=195919, consultado em 20/12/2019.
Martin-Barbero, Jesus. (2009), Dos meios às mediações. Rio de Janeiro, UFRJ.
Mollier, Jean-Yves. (2019), “À procura de um imaginário melodramático no século XIX: imprensa, folhetins e romances. Da sua produção a sua recepção”. Revista Moara, 52: 73-87.
Ortiz, Renato; Ramos, José Mário O. & Borelli, Silvia Helena S. (1989), Telenovela: história e produção. São Paulo, Brasiliense.
Pinheiro, Fernando Antonio. (2014), “O rei do outro polo: Paulo Coelho na literatura brasileira”. In: Miceli, Sergio & Pontes, Heloisa. Cultura e sociedade. Brasil e Argentina. São Paulo, Edusp.
Sales, Herberto. (1988), Subsidiário: confissões, memórias e histórias. Rio de Janeiro, José Olympio.
Sorá, Gustavo. (2003), Traducir el Brasil: una antropología de la circulación internacional de ideas. Buenos Aires, Libros del Zorzal.
“Trinta e dois Enredos com a temática infantil”. (out. 2017), Carnavalizados. Disponível em http://carnavalizados.com.br/noticias/32-enredos-com-a-tematica-infantil/, consultado em 14/2/2020.
Vasconcelos, José Mauro de. ([1963] 1972), Doidão. São Paulo, Melhoramentos.
Vasconcelos, José Mauro de. (1969), O homem e a obra. Ribeirão Preto, El Dorado.
Vasconcelos, José Mauro de. ([1968] 2018), O meu pé de laranja lima. São Paulo, Melhoramentos.
Venayre, Sylvain. (2002), La gloire de l’aventure : genèse d’une mystique moderne. 1850-1940. Paris, Aubier.
Publicado
2020-08-05
Como Citar
Leão, A., & Farias, E. (2020). Literatura e audiovisual em José Mauro de Vasconcelos. Tempo Social, 32(2), 123-148. https://doi.org/10.11606/0103-2070.ts.2020.168354
Seção
Dossiê - Trajetórias de consagração cultural: entre a autonomia e a heteronomia

Dados de financiamento