[1]
H. Gonçalves, “ Juventude brasileira, entre a tradição e a modernidade” , Tempo Soc., vol. 17, nº 2, p. 207-219, nov. 2005.