Foco e Escopo

A Revista Via Atlântica, publicação semestral do Programa de Pós-Graduação de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da Universidade de São Paulo, tem por objetivo levar aos estudiosos, do Brasil e do Exterior, resultados de investigações desenvolvidas por especialistas nas áreas de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, Literatura Comparada, Comparatismo Literário em Língua Portuguesa, Literatura Infantil e Juvenil, Literaturas e Cultura Angolana. Literatura e Cultura Cabo-verdiana, Literatura e Cultura Guineense, Literatura e Cultura Moçambicana, Literatura e Cultura Santomense, Literatura e Cultura Brasileira, Literatura e Cultura Portuguesa, Literatura e Cultura Timorense, Literatura e Cultura de Goa, Literatura e Cultura de Macau, e das literaturas e culturas das comunidades em diáspora que se expressem em Língua Portuguesa. Faz parte ainda do escopo da Via Atlântica a publicação de artigos que tratem das relações interdisciplinares da Literatura com outras Linguagens e com outras Formas do Saber.

A publicação abrange, além de um Dossiê temático, outros trabalhos inéditos sob a forma de Ensaios, Artigos, Entrevistas e Resenhas de livros de interesse para os Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa e áreas correlatas.

A revista Via Atlântica está inserida na área temática de Outras Literaturas Vernáculas, conforme tabela de áreas do conhecimento do CNPq (8.02.07.00-6).

As submissões podem ser feitas em fluxo contínuo, observando a data de fechamento dos Dossiês temáticos especificada na opção Chamadas. Submissões que não sejam destinadas ao Dossiê temático podem ser publicadas nos quatro semestres seguintes ou em um dos quatro números ordinários consecutivos seguintes à submissão.

Outras informações se encontram na seção "Diretrizes para autores".

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos serão avaliados por dois pareceristas ad hoc pelo sistema de avaliação duplo-cega por pares (double -lind peer review), sobretudo, segundo os critérios convencionados da prática acadêmica de ineditismo e originalidade. Antes de serem avaliados por seus pares, os artigos submetidos à revista Via Atlântica devem ser verificados por ferramentas de identificação de plágio. Os Autores se comprometem a garantir o inedistismo e a originalidade da submissão e devem citar explícita e corretamente as suas fontes e referências (bibliográficas, iconográficas, sonoras, gráficos, tabelas e dados, em geral).

Periodicidade

A Revista Via Atlântica é publicada semestralmente, online. O formato impresso foi encerrado no nº 24 (2º sem, 2013).

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.  Via Atlântica utiliza a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação  inicial neste veículo – Attribution-NonCommercial-NoDerivates 4.0 International (CC BY-NC-ND 4.0), e reconhece que os Autores têm autorização prévia para assumirem contratos  adicionais separadamente para distribuição não-exclusiva de versão dos seus trabalhos publicados, desde que fique explicitado o reconhecimento de sua autoria e a publicação inicial nesta revista.

Sponsors

A Revista Via Atlântica conta com o apoio da Capes, através da verba PROAP (PGECLLP - Programa de Pós-graduação de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa) e da FFLCH/USP.

Fontes de Apoio

A Revista Via Atlântica conta com o apoio do SIBI - Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo, do CELP - Centro de Estudos das Literaturas e Culturas de Língua Portuguesa, do PGECLLP - Programa de Pós-graduação de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, e da FFLCH - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

Histórico do periódico

A revista Via Atlântica é uma publicação semestral da Área de Estudos Comparados de Literatura de Língua Portuguesa da Universidade de São Paulo (USP), criada em 1997, e tem por objetivo levar aos estudiosos do Brasil e do exterior os resultados de investigações desenvolvidas na área de estudos culturais e literários no âmbito da língua portuguesa, privilegiando, assim, matéria que se refere ao Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Goa, Macau e às diversas comunidades onde se fala e se escreve em português. Qualis B1 (2013-2016)