Poemas de autoria feminina na antologia angolana Todos os sonhos

  • Maria Nazareth Soares Fonseca Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Palavras-chave: poesia angolana, vozes literárias femininas, Antologia Todos os sonhos, tendências literárias

Resumo

O artigo avalia a produção poética de autoria feminina em Todos os sonhos: Antologia da Poesia Moderna Angolana, publicada em 2007, com especial interesse pelos recursos de produção textual que concretizam expressões significativas do modo de se sentir mulher. Com essa intenção, discute-se o modo como as poetisas assumem o fazer poético, buscando uma expressão que prioriza o corpo e a manifestação de seus sentimentos mais profundos. Interessa ainda perceber os poemas de autoria feminina como manifestação de novas tendências poéticas que caracterizam os caminhos percorridos pela poesia angolana no pós-independência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Nazareth Soares Fonseca, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Professora Adjunta do Programa de Pós-graduação em Letras da PUC-Minas. . Pesquisadora do CNPq. Autora dos livros Brasil afro-brasileiro (2000); Poéticas afro-brasileiras (2003); Literaturas africanas de língua portuguesa: percursos da memória e  outros trânsitos (2008),  Mia Couto: espaços ficcionais (2008). É co-organizadora do volume IV da coletânea Literatura e afrodescendência no Brasil: antologia crítica (2011).

Publicado
2015-06-21
Como Citar
Fonseca, M. (2015). Poemas de autoria feminina na antologia angolana Todos os sonhos. Via Atlântica, (27), 197-214. https://doi.org/10.11606/va.v0i27.100885
Seção
Dossiê 27: Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e o Pós-Independência