Portal da USP Portal da USP Portal da USP

O fantástico no conto “Miss Algrave”, de Clarice Lispector

Diego Luiz Müller Fascina, Alice Aurea Penteado Martha

Resumo


Este artigo tem por objetivo propor que o conto “Miss Algrave”, de Clarice Lispector, pode ser lido com o suporte da teórica fantástica de Tzvetan Todorov (1981). No entanto, antecedendo a abordagem anunciada, apontaremos a presença do insólito na ficção da autora, bem como aspectos característicos de seus contos e discutiremos, ainda, a importância de “A via crucis do corpo”, coletânea que abriga o conto em pauta e que é marcada pela sua singularidade quando vista no conjunto da obra da escritora.

Palavras-chave


Clarice Lispector, fantástico, “Miss Algrave”, conto, corpo e sexo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/va.v0i30.109335

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Diego Luiz Müller Fascina, Alice Aurea Penteado Martha

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

______________________________________________________

  • ISSN: 1516-5159 (nºs 1-24, impresso, printed)
  • ISSN: 2317-8086 (OJS) 
        CELP - FACEBOOK
_____________________________________________________