Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Goa no itinerário íntimo dos poetas portugueses contemporâneos

Catarina Nunes de Almeida

Resumo


Entre os séculos XX e XXI, o Oriente e os espaços ultramarinos são revisitados pela poesia através dum conjunto de imagens e de conceitos que vão ao encontro do longínquo Império quinhentista. O interesse pelos momentos inaugurais desse encontro revela uma discreta mas consequente permanência do tópico na literatura portuguesa. A redescoberta da Índia constitui um verdadeiro exercício de amplitude estética: alegoriza uma aprendizagem do olhar e inaugura itinerários íntimos, entre o vivido e o sonhado. Propomos uma aproximação aos textos onde a Índia ou Goa surgem como topos centrais, com vista a interpretar o peso simbólico que a “viagem à Índia” assume na poesia portuguesa dos nossos dias. 


Palavras-chave


orientalismo português, poesia contemporânea, literatura pós-colonial, Índia, Goa

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/va.v0i30.114813

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Catarina Nunes de Almeida

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

______________________________________________________

  • ISSN: 1516-5159 (nºs 1-24, impresso, printed)
  • ISSN: 2317-8086 (OJS) 
        CELP - FACEBOOK
_____________________________________________________