CAMÕES, POETA DA EXPERIÊNCIA INTERIOR

  • Rodrigo Corrêa Martins Machado Universidade Federal Fluminense
Palavras-chave: Camões, experiência interior, poesia portuguesa

Resumo

Este ensaio tem como objetivo principal analisar a escrita camoniana enquanto palco de encenações de experiências interiores. Para levar a cabo esse propósito, baseei a minha leitura nas obras A experiência interior, O erotismo e As lágrimas de Eros do ensaísta Georges Bataille, a fim de destacar que a poesia camoniana se constitui também enquanto palco para as manifestações das experiências interiores, possibilitando que, a partir do individual, a palavra poética toque os universais da existência humana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Corrêa Martins Machado, Universidade Federal Fluminense
Professor Adjunto da área de Português e Literaturas do Instituto de Educação de Angra dos Reis, da Universidade Federal Fluminense. Ele é doutor em Literatura Comparada pela Universidade Federal Fluminense.
Publicado
2018-09-11
Como Citar
Machado, R. (2018). CAMÕES, POETA DA EXPERIÊNCIA INTERIOR. Via Atlântica, (33), 421-434. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/viaatlantica/article/view/131918
Seção
Outros Textos