DO BRASIL À SUÉCIA E DE VOLTA AO BRASIL: PROBLEMA DE GÊNERO EM FERNANDO GABEIRA

  • Dario Borim Jr Universidade de Massachusetts Dartmouth
Palavras-chave: Butler, Gabeira, homofobia, identidade, problema de gênero

Resumo

In light of Judith Butler’s insight, including her theories of gender trouble and performativity, this article investigates Brazilian journalist and activist Fernando Gabeira’s trajectory against machismo, homophobia, and gender presumptions. That trajectory spans his formative years (1940s and 1950s), armed resistance to the military dictatorship (1960s), activism during exile, mostly in Sweden (1970-1979), and another 35 years of sociopolitical engagement, after his return to Brazil. Key to this essay’s central inquiry are Gabeira’s thoughts and experiences in his autobiographical trilogy (1979-1981).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dario Borim Jr, Universidade de Massachusetts Dartmouth

Doutor pela Universidade de Minnesota Minneapolis-St Paul, e professor de Literatura e Cultura do Brasil e de Português na Universidade de Massachusetts Dartmouth desde o outono de 2000,  Dário Borim Jr. também é blogueiro, cronista, editor, fotógrafo, produtor musical, e, nos últimos 16 anos, produtor e apresentador do Brazilliance,  programa de rádio ao vivo pela internet. São três horas semanais junto à estação WUMD (www.wumd.rocks) dedicadas à discussão e dissiminação da música e cultura lusófonas. Nos últimos oito anos Borim tem servido ao Handbook of Latin American Studies (HLAS) da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos como editor da seção de Crônicas. Como cronista, lançou Paisagens humanas (Papiro 2002) e, atualmente, conclui o volume Sopros de vida, com 50 títulos. A maior parte de sua produção acadêmica se desenvolve com enfoque sócio-histórico sobre as conexões entre literatura e história cultural (especialmente a história da música). Mais recentemente, co-editou Crônicas brasileiras: A Reader (Florida University Press 2014), e publicou sua tradução para o inglês da obra mais conhecida de Helena Jobim, Antonio Carlos Jobim: An Illuminated Man (Hal Leonard 2011). Seu livro Perplexidades: raça, sexo e outras questões sociopolíticas no discurso cultural brasileiro saiu em 2004 pela EDUFF. Borim tem feito palestras em distintas instituições, como Coimbra, Harvard, MIT, Oxford, e UFMG, estabelecidas em vários países das Américas, Asia e Europa. Seus ensaios têm aparecido em livros e revistas acadêmicos da Bélgica, Brasil, Estados Unidos, França, Peru, Reino Unido e Taiwan.  

Publicado
2018-09-11
Como Citar
Borim Jr, D. (2018). DO BRASIL À SUÉCIA E DE VOLTA AO BRASIL: PROBLEMA DE GÊNERO EM FERNANDO GABEIRA. Via Atlântica, (33), 61-79. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/viaatlantica/article/view/139920
Seção
Dossiê 33: Queerizar o cânone luso-afro-brasileiro