LITERATURA EM PAUTA: AS PÁGINAS DE JORNAL DE ANTONIO CALLADO

  • Giselle Larizzatti Agazzi Universidade Metropolitana de Santos
  • Joana Rodrigues Universidade Federal de São Paulo UNIFESP
Palavras-chave: Antonio Callado, jornalismo literário, leitor

Resumo

A escrita de Antonio Callado repórter dialoga com o que ficou conhecido como jornalismo literário, gênero híbrido, que desafia as expectativas do leitor de literatura e o leitor de reportagens. Com ampla atuação como jornalista, vindo a cobrir importantes eventos da história mundial, o intelectual carioca contribui de modo decisivo para a constituição do gênero no Brasil.  Nas reportagens publicadas entre 1960 e 1970, o escritor encontra um estilo próprio, ao aprofundar o potencial simbólico da linguagem, compondo complexos panoramas em que a análise e a opinião crítica se combinam a um trabalho meticuloso com a arquitetura das palavras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giselle Larizzatti Agazzi, Universidade Metropolitana de Santos

Professora da Universidade Metropolitana de Santos do curso de Letras e de Pós-Graduação em Ensino de Língua e de Literatura de Língua Portuguesa.

Joana Rodrigues, Universidade Federal de São Paulo UNIFESP

Professora da Universidade Federal de São Paulo do curso de Letras e jornalista.

Publicado
2018-12-21
Como Citar
Agazzi, G., & Rodrigues, J. (2018). LITERATURA EM PAUTA: AS PÁGINAS DE JORNAL DE ANTONIO CALLADO. Via Atlântica, (34), 145-155. https://doi.org/10.11606/va.v0i34.145758
Seção
Dossiê 34: Literatura e Jornalismo: suportes e fronteiras