O ARROZ COMO METÁFORA EM O SIGNO DA IRA (1961), DE ORLANDO DA COSTA

  • Maria de Lourdes Bravo da Costa Universidade de Goa
Palavras-chave: bhatkar, mundkar, arroz, conflitos sociais e humanos

Resumo

O artigo discute a relação bhatkar-mundkar e o modo como o cultivo e a produção do arroz são usados por Orlando da Costa no romance O Signo da Ira. O autor descreve, no contexto de Goa, os conflitos sociais como estando centrados na relação entre o mundkar (trabalhador rural) e o bhatkar (proprietário). A fragilidade da situação social de quem cultiva o arroz por conta de outros e estando, ao mesmo tempo, dependente dele para a sua própria subsistência, é o foco central do romance. A obra salienta a importância do arroz no quadro da economia goesa e o modo como a alimentação pode ter um papel importante na organização e regulação social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Lourdes Bravo da Costa, Universidade de Goa

historiadora, Escritora, pesquisadora, com vários livros sobre tradições populares e religiosas de Goa publicados. No presente, dedica-se a história da alimentação e da gastronomia em Goa.

Referências

ANÔNIMO. A Crise de subsistencias e o fomento – projectos de medidas, Santa Cruz: Tip. XriRamanatii, 1919.

Boletim Oficial de 1919. Nova Goa: Imprensa Nacional, 1919.

Techno Economic Survey of Goa, Daman and Diu. New Delhi: National Council of Applied Economic Research, 1964.

CORREIA-AFONSO, Pedro. A cor local na obra de Orlando da Costa, 1961. Disponível em: http://archiveofgoanwritinginportuguese.blogspot.in. Acesso em: 12 de março de 2016.

COSTA, Orlando da. O Signo da Ira. Lisboa: Temas da Actualidade, 1996.

DEVI, Vimala e SEABRA, Manuel de. A Literatura Indo-Portuguesa. Lisboa: Junta de Investigações do Ultramar, 1971.

DIAS, Remy. Some aspects of the consumption history of Estado da India: 1900-50. In: MALEKANDATHIL, P.; DIAS, R. (eds). Goa in the 20th Century. History and Culture. Panaji: Institute Menezes Braganza, 2008, p.72-121.

GARMES, Helder. Colonialismo e conflito cultural em O Signo da ira de Orlando da Costa. In: MACHADO, Everton; BRAGA, Duarte (Orgs.). Goa portuguesa e pós-colonial: literatura, cultura e sociedade. V. N. Famalicão: Húmus, 2012, p.95-106.

MASCARENHAS-KEYES, Stella. Colonialism, migration and the international Catholic Goan community. Saligão: Goa 1556, 2011 .

MIRANDA, Eufemiano de Jesus. Oriente e Ocidente na Literatura Goesa: Realidade, Ficção, História e Imaginação. Saligão: Goa 1556, 2012.

PEREIRA, A. de Bragança. Etnografia da India Portuguesa. New Delhi: Asian Educational Services, 1991.

PEREIRA, Rui Gomes. Goa vol.II. Gaunkari (the Old Village Association). Panaji: A. Gomes Pereira, 1981.

ROCHA, Leopoldo da. O Signo da Ira de Orlando da Costa, 1961. Disponível em: http://archiveofgoanwritinginportuguese.blogspot.in. Acesso em março de 2016.

TEIXEIRA, Rui de Azevedo. O Signo da Ira (The Sign of Anger): Ethno-literature and neo-realism in a case of literary excellence. In: BORGES, C.; PEREIRA, O.G; STUBBE, H. (eds). Goa and Portugal History and Development. New Delhi: Concept Publishing Company, 2000, p. 398-401.

Publicado
2019-11-28
Como Citar
Costa, M. de L. (2019). O ARROZ COMO METÁFORA EM O SIGNO DA IRA (1961), DE ORLANDO DA COSTA. Via Atlântica, (36), 81-100. https://doi.org/10.11606/va.v0i36.160272
Seção
Dossiê 36: Conflitos e convergências - vida literária e intelectual em Goa