AS REPRESENTAÇÕES DAS DEVADASIS EM GOA: A PREOCUPAÇÃO PORTUGUESA COM A MORALIDADE (SÉCULOS XVI E XVII)1

  • Camila Domingos dos Anjos Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Palavras-chave: devadasis, Igreja, Goa, representação

Resumo

O presente artigo analisa as iniciativas de coerção à conversão as devadasis – do concani Servas de Deus – no contexto da colonização portuguesa em Goa entre 1567-1606. As devadasis apareceram em tópicas específicas nos documentos oficiais que buscavam impor condutas, comportamentos e disciplinamentos às populações locais de Goa. Consideradas mulher públicas e associadas a lascívia, as devadasis foram alvos das iniciativas de imposição dos costumes portugueses e da fé cristã por parte das autoridades eclesiásticas e régias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Domingos dos Anjos, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Discente regularmente matriculada no curso de pós-graduação em História(Doutorado) da UFRRJ/Seropédica e integrante do grupo de leitura coordenado pelo Laboratório de Mundos Ibéricos (LAMI). Tem experiência na área de História, precisamente História Moderna com estudos sobre as Relações de gênero no Estado da Índia. Atualmente dedica-se aos estudos sobre as sociedades nativas "menores" e as iniciativas adotadas pela Igreja e pela Coroa portuguesa a fim de converter e doutrinar os meninos em Goa. 

Publicado
2019-11-28
Como Citar
Anjos, C. (2019). AS REPRESENTAÇÕES DAS DEVADASIS EM GOA: A PREOCUPAÇÃO PORTUGUESA COM A MORALIDADE (SÉCULOS XVI E XVII)1. Via Atlântica, (36), 233-249. https://doi.org/10.11606/va.v0i36.160313
Seção
Dossiê 36: Conflitos e convergências - vida literária e intelectual em Goa