FICÇÃO E ETNOGRAFIA: O PROBLEMA DA REPRESENTAÇÃO EM OS PAPÉIS DO INGLÊS, DE RUY DUARTE DE CARVALHO, E NOVE NOITES, DE BERNARDO CARVALHO

  • Anita Martins Rodrigues de Moraes Universidade Federal Fluminense (UFF)
Palavras-chave: literatura angolana contemporânea, literatura brasileira contemporânea, antropologia, representação ficional, etnografia

Resumo

TRATAREI NESTE TRABALHO DOS ROMANCES OS PAPÉIS DO INGLÊS, DO ESCRITOR ANGOLANO RUY DUARTE DE CARVALHO (2000), E NOVE NOITES, DO BRASILEIRO BERNARDO CARVALHO (2002). AMBOS IMBRICAM LITERATURA E ANTROPOLOGIA, CONVIDANDO SEUS LEITORES A LIDAR COM A QUESTÃO DA REPRESENTAÇÃO, COM O PROBLEMA DAS FRONTEIRAS ENTRE DISCURSO FICCIONAL E NÃO-FICCIONAL. MEU INTERESSE SERÁ, A PARTIR DA ANÁLISE DE SUAS ESTRATÉGIAS DE COMPOSIÇÃO, SUGERIR COMO OS ROMANCES FORMULAM ESSE PROBLEMA.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-06-20
Como Citar
Moraes, A. (2012). FICÇÃO E ETNOGRAFIA: O PROBLEMA DA REPRESENTAÇÃO EM OS PAPÉIS DO INGLÊS, DE RUY DUARTE DE CARVALHO, E NOVE NOITES, DE BERNARDO CARVALHO. Via Atlântica, (21), 155-172. https://doi.org/10.11606/va.v0i21.51035
Seção
Outros Textos