O conto para jovens de Ricardo Ramos: Uma opção estética

  • Aroldo José Abreu Pinto Universidade do Estado de Mato Grosso
Palavras-chave: Ricardo Ramos, Conto, Literatura juvenil, Representação

Resumo

As reflexões ora propostas buscam dar conta das imagens constituídas pelo narrador no conto “Herança”, de Ricardo Ramos, publicado na obra Estação primeira (São Paulo: Scipione, 1996) e indicada ao público juvenil. O intuito é demonstrar, à luz da teoria literária, que Ricardo Ramos parece sentir a necessidade de provocar uma reação, produzir um efeito no leitor com um modo de representação e um conteúdo representado que desnuda essência mesma da condição humana, sem, no entanto, abrir mão do caráter estético e, por isso mesmo, exigindo uma participação ativa do leitor no processo de interação com o texto ficcional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aroldo José Abreu Pinto, Universidade do Estado de Mato Grosso

Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da Universidade do Estado do Mato Grosso/UNEMAT, Campus de Tangará da Serra. Professor do Departamento de Letras, Campus da UNEMAT de Alto Araguaia/MT.

Publicado
2014-11-04
Como Citar
Pinto, A. (2014). O conto para jovens de Ricardo Ramos: Uma opção estética. Via Atlântica, (26), 245-255. https://doi.org/10.11606/va.v0i26.82447
Seção
Dossiê 26: Literatura, cultura e juventude