Literatura e/ou educação

  • Patricia Trindade Nakagome Universidade de São Paulo
Palavras-chave: leitor, experiência, educação, ensino de literatura, crítica literária

Resumo

Em artigo publicado por Milton Hatoum (2013) veremos que a crítica literária pode negar a experiência de leitores que se interessam por obras da indústria cultural, o que pode trazer consequências para o campo educacional. Apesar de reforçar a importância da educação, a crítica se exime de um possível papel formativo, com avaliações superficiais de livros, que podem ser transferidas ao leitor. Assim, um discurso pautado pela junção de literatura e educação revela, nas entrelinhas, uma oposição entre os termos, em que se opta pela literatura sem reconhecer que ela própria fica fragilizada sem a existência de um público leitor mais amplo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Trindade Nakagome, Universidade de São Paulo
Doutora pelo Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada (FFLCH/ USP)
Publicado
2015-12-22
Como Citar
Nakagome, P. (2015). Literatura e/ou educação. Via Atlântica, (28), 89-103. https://doi.org/10.11606/va.v0i28.98649
Seção
Dossiê 28: Literatura e Educação