Caminhos da resistência literária em seis poetas negros contemporâneos brasileiros

  • Rosangela Sarteschi Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Literatura e resistência, literatura negra brasileira, poesia negra brasileira

Resumo

Vozes negras no sistema literário brasileiro contam outras histórias, engendrando, assim, diferentes formas de compreender e elaborar o mundo a partir de novas perspectivas históricas e sociais que, ao assumir o comando e a autoria de sua própria escrita, concorrerão para o estabelecimento de um sistema literário baseado na heterogeneidade, na pluralidade e na diversidade. O presente ensaio pretende, portanto, aproximar alguns poemas de Cuti, Conceição Evaristo, Edimilson de Almeida Pereira, Adão Ventura, Salgado Maranhão e Éle Semog, destacando os elementos de resistência estética e política presentes nessas obras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosangela Sarteschi, Universidade de São Paulo
Professora Doutora da Área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da FFLCH/USP.
Publicado
2015-06-21
Como Citar
Sarteschi, R. (2015). Caminhos da resistência literária em seis poetas negros contemporâneos brasileiros. Via Atlântica, (27), 383-397. https://doi.org/10.11606/va.v0i27.99824
Seção
Outros Textos