Estranho encontro (1958) e o estilo nascente de Walter Hugo Khouri

Autores

  • Gabriel Henrique de Paula Carneiro Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-677X.rum.2021.169721

Palavras-chave:

Walter Hugo Khouri, Estranho encontro, Cinema paulista, Cinema brasileiro

Resumo

Com Noite vazia (1964), Walter Hugo Khouri abraçou o cinema moderno e consolidou uma série de características temáticas e formais que se tornaram sinônimos de seu cinema. No entanto, no anterior Estranho encontro (1958), realizado dentro dos princípios de transparência clássica, já há traços que o inflexionam para a modernidade e uma preocupação particular com a composição da atmosfera. O artigo pretende investigar se é possível identificar um estilo nascente já em seu segundo longa-metragem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Henrique de Paula Carneiro, Universidade Estadual de Campinas

Jornalista, diretor de filmes, crítico e pesquisador de cinema, Doutorando e Mestre em Multimeios, pelo Instituto de Artes, da Universidade Estadual de Campinas. Sócio fundador da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema. Escreveu, entre outros, para a Revista de Cinema e para os sites Revista Zingu! e Cinequanon. Organizou, com Paulo Henrique Silva, os livros Animação brasileira: 100 filmes essenciais (Letramento, 2018) e Curta brasileiro: 100 filmes essenciais (Letramento, 2019).

Referências

AZEREDO, E. Dossiê Khouri. Filme Cultura, Rio de Janeiro, n. 12, p. 14-28, maio/jun. 1969.

BALÁZS, B. Béla Balázs. In: XAVIER, I. (org.). A experiência do cinema. 4. ed. Rio de Janeiro: Graal, 2008. p. 75-99.

BAZIN, A. O que é o cinema?. São Paulo: Cosac Naify, 2014.

BERNARDET, J. C.; REIS, F. V. O autor no cinema: a política dos autores: França, Brasil: anos 1950 e 1960. 2. ed. São Paulo: Edições Sesc, 2018.

BORDWELL, D. O cinema clássico hollywoodiano: normas e princípios narrativos. In: RAMOS, F. P. (org.). Teoria contemporânea do cinema. v. 2. São Paulo: Editora Senac, 2005.

BURCH, N. Práxis do cinema. São Paulo: Perspectiva, 2008.

CARMO, I. P. S. X. Rosto, tela, espelho: reflexões sobre o cinema de Walter Hugo Khouri. Aniki: Revista Portuguesa da Imagem em Movimento, Lisboa, v. 6, n. 2, ago. 2019.

CARNEIRO, G. H. P. O anjo da noite (1974): Khouri e o horror. Imagofagia: Revista de la Asociación Argentina de Estudios de Cine y Audiovisual, Buenos Aires, n. 19, abr. 2019.

CARNEIRO, G.; SILVA, H. P.; ALPENDRE, S. A crítica de cinema em São Paulo. In: SILVA, P. H. (org.). Trajetória da crítica de cinema no Brasil. Belo Horizonte: Letramento, 2019. p. 342-379.

DAYAN, D. O código tutor do cinema clássico. In: RAMOS, F. P. (org.). Teoria contemporânea do cinema. v. 1. São Paulo: Editora Senac, 2005. p. 321-337.

GALVÃO, M. R. Burguesia e o cinema: o caso Vera Cruz. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1981.

GAUDREAULT, A.; JOST, F. A narrativa cinematográfica. Brasília, DF: Editora UnB, 2009.

GIL, I. A atmosfera fílmica como consciência. Caleidoscópio: Revista de Comunicação e Cultura, Lisboa, n. 2, p. 95-101, jul. 2011.

GOMES, P. E. S. Rascunhos e exercícios. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 5, 21 jun. 1958. Suplemento Literário.

GUIMARÃES, P. M. O rosto do ator: da expressão fotogênica ao reflexo externo. Sala Preta, São Paulo, v. 16, n. 2, p. 220-232, dez. 2016.

MÜNSTERBERG, H. A memória e a imaginação. In: XAVIER, I. (org.). A experiência do cinema. 4. ed. Rio de Janeiro: Graal, 2008. p. 36-45.

PUCCI JR., R. L. Khouri. Revista Zingu!, São Paulo, n. 49, out. 2011. Disponível em: https://bit.ly/3fap5X3. Acesso em: 5 nov. 2019.

PUCCI JR., R. L. O equilíbrio das estrelas: filosofia e imagens no cinema de Walter Hugo Khouri. São Paulo: Annablume, 2001.

RAMOS, F. P. A coisa da imagem e a preponderância do afeto. In: CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL. Retrospectiva Walter Hugo Khouri: meio século de cinema. São Paulo: Heco Produções, 2001. p. 6-9.

RAMOS, J. M. O. Cinema, estado e lutas culturais: anos 50/60/70. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

TRUFFAUT, F.; SCOTT, H. Hitchcock/Truffaut: entrevistas. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

TURIM, M. Flashbacks in film: memory & history. Nova Iorque: Routledge, 1989.

XAVIER, I. O discurso cinematográfico: a opacidade e a transparência. 4. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2008b.

Downloads

Publicado

2021-08-02

Como Citar

CARNEIRO, G. H. de P. Estranho encontro (1958) e o estilo nascente de Walter Hugo Khouri. RuMoRes, [S. l.], v. 15, n. 29, p. 348-372, 2021. DOI: 10.11606/issn.1982-677X.rum.2021.169721. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/Rumores/article/view/169721. Acesso em: 23 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos