Entre universidade e sociedade, há espaço para a televisão

Autores

  • Alzimar Rodrigues Ramalho Universidade de São Paulo (USP).

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-677X.rum.2009.51158

Palavras-chave:

Televisão universitária, difusão científica, ensino, pesquisa, extensão.

Resumo

A pesquisa tem como foco a necessidade de institucionalização das TVs, pois a principal hipótese é de que seu reconhecimento como mídia universitária é fundamental para que o segmento possa consolidar-se. A pesquisa justifica-se por contribuir com a reflexão sobre a relação entre a universidade enquanto produtora de conhecimento científico e a “sua” televisão, enquanto mídia educativa. Por meio desse veículo, a academia tem a possibilidade de estabelecer um diálogo com a comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alzimar Rodrigues Ramalho, Universidade de São Paulo (USP).

Jornalista, coordenadora do curso de Jornalismo da Fundação Educacional do Município de Assis e diretora geral da TV FEMA. Mestre em Comunicação: Mídia e Cultura pela Universidade de Marilia SP, doutoranda em Ciências da Comunicação pela ECA/USP e coordenadora científica da Associação Brasileira de TVs Universitárias (ABTU).

Downloads

Publicado

2009-08-08

Como Citar

RAMALHO, A. R. Entre universidade e sociedade, há espaço para a televisão. RuMoRes, [S. l.], v. 3, n. 5, 2009. DOI: 10.11606/issn.1982-677X.rum.2009.51158. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/Rumores/article/view/51158. Acesso em: 18 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos